Instagram Twitter Facebook Youtube O QUE VOCÊ PROCURA?

Vida Saudável

Alimentação saudável: desvende cinco dúvidas comuns sobre o assunto

Quando o assunto nas rodinhas de conversa é alimentação saudável, não adianta: todo mundo tem alguma dúvida sobre como determinado alimento pode impactar a saúde e a boa forma Isso sem falar nos mitos que são difundidos pelo boca a boca. Por isso, separamos algumas das questões mais sobre o universo da nutrição para respondê-las para você. Olha só!
 
Comer arroz e feijão todos os dias faz bem à saúde?
 
A combinação é rica em proteínas e faz muito bem à saúde. Não à toa, o Ministério da Saúde recomenda a proporção de uma parte de feijão para duas de arroz. 
 
Quais alimentos aumentam a disposição?
 
Os alimentos energéticos como as gorduras poli-insaturadas, cujos representantes mais famosos são o ômega 3 e o 6, presentes no salmão, na linhaça e no azeite de oliva, por exemplo. Cada grama dessa gordura fornece 9 kcal. Além delas, os carboidratos complexos, como o feijão e o arroz integral, são boas fontes de energia. Cada grama nos proporciona 4 kcal. 
 
Comer de três em três horas emagrece?
 
Ficar em jejum deixa o metabolismo mais lento, prejudicando a queima de gordura, ou seja, o corpo passa a estocar mais energia e gastar menos. Além disso, a chance de perder massa muscular fica maior, já que sem comida para gerar energia, os músculos são degradados. Em contrapartida, ao evitar ficar muito tempo sem comer, a quantidade de alimentos ingerida em cada refeição é bem menor. Então, comer de 3 em 3 horas é imprescindível para quem seja emagrecer.

Beber água antes, durante ou depois das refeições engorda?
 
A água dilata o estômago, favorecendo a ingestão de mais comida. Por isso, recomenda-se tomar água só 40 minutos antes e 40 minutos depois das principais refeições. Mas se você não consegue ficar sem beber enquanto come, o mais indicado é tomar apenas 100 ml, que corresponde a uns três dedos de água. 
 
Suco de caixinha é mais saudável que refrigerante?
 
Suco de caixinha é tão ruim quanto o refrigerante. Tem muito açúcar e pode gerar doenças como obesidade e diabetes.