Instagram Twitter Facebook Youtube O QUE VOCÊ PROCURA?

Vida Saudável

Veja quais alimentos são aliados das mulheres durante a menopausa

A menopausa (período fisiológico que se dá após a última menstruação espontânea de uma mulher) costuma causar nas mulheres que deixam de produzir hormônios, entre os 45 e 55 anos de idade, uma série de sintomas nada agradáveis, como mal-estar, alterações de humor, lapsos de memória, insônia, dores de cabeça e ondas de calor. Para diminuí-los, recorrer a tratamentos hormonais é uma das alternativas principais, mas mudar os hábitos relacionados à alimentação também pode tornar as coisas mais fáceis. Isso porque a ingestão de alimentos ricos em vitamina E, C e D3, zinco, cálcio, ácido fólico, magnésio e selênio, além de carboidratos integrais e proteínas de alto valor biológico, ameniza as causas decorrentes dos déficits hormonais, de estrógenos e progesterona.

Portanto, para garantir um cardápio saudável, que possa auxiliar no combate aos efeitos da menopausa, vale a pena investir nos alimentos abaixo. As dicas são de nutricionistas especialistas no assunto, viu? Olha só:

Vitamina E: ajuda a diminuir as ondas de calor.
Onde encontrá-la: sementes oleaginosas e óleos vegetais.

Vitamina B6: é importante para a formação de neurotransmissores (triptofano) e para o bem-estar. 
Onde encontrá-la: cereais integrais, ovos e grãos, como o arroz. 

Vitamina C: é necessária para a síntese dos hormônios ovarianos.
Onde encontrá-la: frutas cítricas.

Ácido Fólico: ajuda a diminuir o risco de câncer de mama. 
Onde encontrá-lo: vegetais verdes escuros.

Magnésio: atua em prol do bom humor, do relaxamento muscular e da formação de neurotransmissores. 
Onde encontrá-lo: cereais integrais, como o arroz, beterraba, além de sementes oleaginosas e grãos, como o arroz.

Cálcio: é essencial para garantir a massa óssea e a contração muscular.  
Onde encontrá-lo: vegetais verdes, leite e derivados.

Vitamina D3: reforça o sistema imunológico e melhora a absorção de cálcio.  
Onde encontrá-la: óleos vegetais.

Selênio: é antioxidante e fortalece as funções cerebrais 
Onde encontrá-lo: castanha-do-pará.

Ômega 3: melhora as funções cerebrais,  regula a ação insulínica - glicose, diminui o colesterol ruim (LDL) e melhora a fluidez sanguínea.  
Onde encontrá-lo: linhaça e peixes de água fria.

Proteínas de alto valor biológico: ajudam a evitar o enfraquecimento e a diminuição dos músculos. 
Onde encontrá-las: ovos, aves e carne bovina. 

Zinco: é necessário para a síntese de hormônios, para melhorar as funções ovarianas e otimizar as funções estrogênicas. 
Onde encontrá-lo: frutos do mar e peixes.